Blog da Orca

4 sinais que aparecem quando chegou a hora de trocar o óleo do motor

A manutenção preventiva é muito importante para manter o funcionamento adequado de qualquer máquina, e compreender isso é fundamental para quem deseja manter o seu carro sempre impecável. Nesse contexto, é preciso saber quais são os sinais que aparecem quando chegou a hora de trocar o óleo do motor.

O ideal é estar atento a tudo aquilo que o fabricante indica, seguindo as suas especificações. Mas isso não quer dizer que você não deve prestar atenção ao que o próprio automóvel está tentando indicar para você.

Ficou curioso? Então confira 4 sinais que aparecem quando o óleo deve ser trocado:

1. Quilometragem elevada

Um dos principais sinais que aparecem quando chegou a hora de trocar o óleo do motor é a quilometragem elevada. O fabricante do produto indica de quanto em quanto tempo você precisa substituir não apenas o líquido, mas também o filtro — e esse valor fica entre 5 e 10 mil quilômetros rodados.

Se você não prestar atenção a esse fato, estará contribuindo para um desgaste maior do motor e diminuindo o prazo de vida dos seus componentes. Como se não bastasse, ainda aumenta o risco de ter uma quebra inesperada e acabar ficando na mão quando você menos espera, parado na estrada aguardando o reboque.

2. Nível baixo de óleo

Quando o nível está abaixando muito rapidamente, isso também é um dos sinais que aparecem quando chega a hora de trocar o óleo do motor. Esse tipo de situação é muito mais comum em veículos mais antigos, com a quilometragem mais elevada, pois o normal é queimar apenas pequenas quantidades de acordo com o uso.

No entanto, embora os usados mais antigos apresentem mais facilmente o problema, isso não quer dizer que muitos modelos novos também não o façam. Fique de olho no sinal luminoso do painel e, com o carro desligado e frio, use a varinha indicadora para verificar se a quantidade do produto está entre os limites de mínimo e máximo.

3. Óleo sujo

Observar a presença de sujeiras e impurezas não apenas indica que é a hora de trocar o produto, mas também que você está rodando com o risco de experimentar uma quebra no seu veículo a qualquer momento. Quanto mais você rodar com o seu carro, mais o óleo ficará com uma coloração mais escura, podendo se aproximar muito de ficar negro.

O ideal é que a coloração esteja bem clara, com uma tonalidade que se aproxime do mel. Quando você for observar se o nível está adequado, veja também se o óleo não está muito carregado de detritos ou se já está apresentando uma gradação indesejável.

4. Luz para checagem do motor

Por fim, você também precisa ficar de olho nas luzes indicativas do painel, sobretudo a da checagem do motor, que acende quando os níveis de óleo estão baixos ou saturados, pois isso afeta sensivelmente o desempenho dos componentes e o processador entende que é hora de uma manutenção.

Os modelos mais novos de automóveis geralmente vêm com uma luz indicativa do óleo, que também deve ficar acesa quando for necessário trocar o item por nível baixo ou pela presença de impurezas.

E aí, você conhecia os sinais que indicam a hora de trocar o óleo do motor? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Conte pra gente aqui nos comentários!