Blog da Orca

5 dicas para perder o medo de pegar a estrada para viajar

Notícias trágicas de acidentes e mortes nas rodovias de todo o país, assim como as condições precárias das estradas, podem gerar um verdadeiro pânico no motorista na hora de viajar. E tratando-se de motoristas inexperientes, então, o pânico pode se transformar em bloqueio, impedindo que eles venham a usufruir das coisas boas de se cair na estrada, como apreciar belas paisagens e a liberdade de dirigir longe dos engarrafamentos dos grandes centros. Se você está disposto a transformar o medo de enfrentar a estrada em incentivo para experimentar momentos inesquecíveis, este artigo foi feito para você! Continue acompanhando!

Comece pela revisão do carro

Sobre insegurança para pegar a estrada, já basta a do motorista, não é mesmo? Um veículo que não passa por revisões, está com os pneus carecas e não troca o óleo há tempos é uma fonte a mais de preocupação e, nesse caso, totalmente justificada. Para que você não ocupe a sua cabeça imaginando se o seu carro irá desmanchar em plena pista a qualquer momento, submeta-o a um check up completo numa oficina ou loja especializada antes de viajar. Com o veículo 100%, pode ter certeza que você terá muito mais segurança para dirigir por longos períodos na estrada.

Deixe a documentação em dia

Tão ruim quanto ultrapassar carretas em alta velocidade é correr o risco de ter o veículo apreendido em plena estrada por causa de documentos vencidos. Para não passar esse sufoco, trate de regularizar sua documentação. Confira se sua carteira de habilitação (CNH) está em dia, bem como o Certificado de Registro de Licenciamento do Veículo (CRLV), os dois documentos mais requisitados em caso de blitzen nas rodovias. E uma dica que parece óbvia, mas que pega muita gente de surpresa: nunca se esqueça de levá-los com você.

Obedeça à sinalização

Placas de sinalização não são enfeites. Todas têm um objetivo próprio e devem ser seguidas à risca, caso você não queira chegar ao destino cheio de autuações em seu prontuário. Obedecer às placas de velocidade permitida na pista ajuda os motoristas menos experientes a conduzirem com mais tranquilidade, ainda que os habituais apressadinhos fiquem sempre na cola. Mantendo-se atento às placas que indicam curvas sinuosas, declives acentuados e obstáculos na pista, você estará desempenhando a chamada direção preventiva e tem tudo para chegar são e salvo ao seu destino.

Não corra

O excesso de velocidade é uma das principais causas de acidentes nas estradas. Ainda que o fluxo de veículos esteja baixo, não caia na tentação de exceder o limite de velocidade permitido, pois, caso se envolva numa batida, as chances de o acidente ser grave são muito maiores. Caso o problema seja com os “corredores” que tentam ultrapassá-lo a todo instante, mantenha-se calmo e só ceda a passagem quando perceber que há margem de segurança e que você não invadirá a linha contínua demarcada entre as pistas de mão e contramão.

Na ultrapassagem, aprenda a relaxar

Ultrapassagens normalmente são bichos de sete cabeças para quem tem receio em pegar a estrada. Muitos motoristas suam frio quando precisam ultrapassar veículos de grande porte, como carretas, ônibus e caminhões, já que, para isso, têm que invadir a pista de mão contrária e encher o pé no acelerador.

Na verdade, as ultrapassagens, para ocorrerem com segurança, dependem do consenso de quem ultrapassa e de quem é ultrapassado. É preciso que se estabeleça uma comunicação momentânea entre os dois motoristas, seja através de gestos ou pela luz da seta. Assim que perceber o “sinal verde” para ultrapassar, relaxe, respire fundo, aumente a velocidade e vá pela esquerda, nunca pela direita. O carro ultrapassado irá diminuir a velocidade para facilitar o seu intento e tudo correrá bem.

Saiba que é normal ficar receoso antes de viajar: é sinal de que você tem um senso mínimo de responsabilidade que muitos motoristas imprudentes, por exemplo, não têm. No entanto, enfrentar esse desafio, assim como tantos outros em nossa vida, é recompensador, pois você terá acesso a lugares aos quais nunca foi, adquirirá mais experiência ao volante e ficará mais autoconfiante da próxima vez em que for viajar, podendo aproveitar a fundo cada minuto do passeio.

E você, também tem medo de dirigir na estrada ou já superou? Tem alguma dica para compartilhar? Escreva no espaço de comentários!