Blog da Orca

6 dicas para conservar a pintura do seu carro

A manutenção do veículo é tão complicada quanto a compra, e isso não vale apenas para o motor. A lataria também precisa de muito cuidado e atenção. Mas quais os riscos? São várias coisas que podem estragar a pintura do seu carro e causar um grande prejuízo, mas os principais são fezes de pássaros, sereno da madrugada, granizo, resina de árvores e combustível derramado. Alguns deles podem ser evitados, mas há outros que estão além do nosso controle. Por isso, é preciso ficar atento!

Veja agora as nossas 6 dicas para você conservar a pintura do seu carro e mantê-lo em ordem por mais tempo:

Cuidado ao estacionar

A primeira dica para conservar a pintura do carro é ter cuidado ao estacionar. Na situação atual em que vivemos, com as cidades cada vez mais cheias de carros, é difícil arrumar uma boa vaga.

Se for possível, evite estacionar debaixo de árvores. Apesar de ajudar a fugir do sol, esse é um lugar propício para a queda de fezes de pássaros e galhos, que podem danificar a sua pintura.

Atenção ao abastecer

Muitos motoristas instruem os frentistas a abastecer o carro além do limite do tanque. Geralmente, eles fazem isso para aproveitar um preço baixo no combustível ou quando vão passar mais tempo na estrada e não sabem quando vão abastecer o veículo novamente. Entretanto, essa prática pode causar grandes prejuízos para a pintura do carro. Com o excesso, o combustível pode transbordar e escorrer pela lataria.

Não se esqueça das capas!

As capas são ótimas opções para a proteção dos carros contra pássaros, chuva forte e até pequenos galhos que caem das árvores. Mas apenas nesses casos! Para granizo ou sereno, a capa não tem efeito, pois não protege das pancadas e ainda pode fazer com que o material grude na pintura, o que dificulta a retirada.

E fique atento: não esqueça a capa no sol forte. Se o fizer, ela pode “queimar” a pintura, fazendo-a perder tinta.

Veja por onde dirige

Em asfalto fresco ou nas ações tapa-buraco, o piche é uma grande armadilha para os motoristas. Se espirrar na lataria e não for removido rapidamente, ao tentar desgrudá-lo a pintura pode lascar.

Exposição demais

Não deixe o seu carro muito tempo exposto ao sol, pois isso é muito prejudicial à pintura. Com o tempo, os carros brancos podem ficar amarelados e os demais podem desbotar a cor.

Soluções para cuidar da pintura do carro

Existem algumas soluções básicas para não ter prejuízo com a pintura, sendo a principal delas uma boa lavada com água. Se o carro pegar uma noite de sereno ou ter sofrido vários “ataques” dos passarinhos, por exemplo, jogue água pela manhã e retire todos os resíduos.

Outro cuidado importante é sempre deixar os veículos em garagens cobertas — sempre que possível, claro. Já para o caso do piche, a solução é fazer uma mistura de água e querosene para reduzir os efeitos da substância. Algumas pessoas também costumam envelopar o veículo, não apenas para reforçar a cor, mas também conservar mais a lataria.

E você? Como cuida da pintura do seu carro? Tem mais dicas legais para compartilhar? Deixe seu comentário aqui no blog e conte para nós!