Blog da Orca

Abandone esses 6 hábitos se não quiser prejudicar o seu carro!

Cuidar do carro não é simplesmente abastecer e levá-lo ao mecânico ao sinal de qualquer problema. Existem diversos detalhes a serem acompanhados e cuidados que, quando não realizados devidamente, podem prejudicar o automóvel e também o bolso do proprietário.

Para ajudá-lo a cuidar melhor do veículo, separamos neste post 6 hábitos que você deve abandonar o quanto antes caso não queria prejudicar o seu carro. Confira!

1. Conduzir o carro em ponto morto

O hábito de descer a serra desengrenado, além de superaquecer os freios e intensificar o desgaste das pastilhas de freio, pode danificar o disco de freio e até mesmo empená-lo. Rodar sempre com o veículo engrenado é fundamental para manter o controle do carro e garantir a segurança dos ocupantes.

2. Dirigir com o carro na reserva

Muitas pessoas têm o costume de abastecer pouco o tanque de combustível e constantemente rodar com o carro na reserva. Isso faz com que a bomba que fica alojada no tanque seja demasiadamente exigida, podendo superaquecê-la e até mesmo danificá-la, reduzindo significativamente a sua vida útil.

Portanto, procure sempre rodar com o veículo com tanque cheio, dirigindo na reserva apenas quando realmente for necessário.

3. Passar em áreas alagadas

Infelizmente, em períodos chuvosos não é raro depararmos com vias alagadas nas grandes cidades. Passar com o veículo nesses locais pode diminuir bastante a vida útil dos rolamentos das rodas e, em alguns casos, até mesmo danificar os esticadores de correia.

Além disso, em algumas situações o volume de água pode penetrar em diversos locais do veículo, enferrujando e danificando componentes internos.

4. Rodar com pneus descalibrados

A maioria dos proprietários não tem o costume de calibrar os pneus do carro periodicamente, rodando com eles abaixo da pressão ideal estipulada no manual. Isso aumenta a área de contato do pneu com o solo, aumentando o atrito e o seu desgaste.

Rodar com pneus descalibrados, além de fazer com que sua vida útil seja reduzida, aumenta o consumo de combustível do carro, prejudicando bastante o bolso dos proprietários.

5. Acelerar bruscamente

A lógica é simples: quanto maior for o giro do motor, maior é o consumo de combustível. Portanto, é fundamental que os condutores evitem acelerar demais o carro ou dirigir mantendo o giro do motor elevado e sem trocar as marchas corretamente.

Quanto mais se exige do motor, maior é o desgaste sofrido por ele e maiores os gastos com combustíveis. Por isso, é importante sempre dirigir em baixas rotações e trocar as marchas de forma suave.

6. Deixar de realizar as manutenções periódicas

A manutenção periódica ou revisão do veículo nada mais é que a verificação de todos os sistemas e componentes que possam impactar o funcionamento do carro ou prejudicar a segurança.

Ela deve ser realizada de forma regular, de acordo com os intervalos estipulados pelos fabricantes — informações que podem ser verificadas no manual do veículo. Não realizar as revisões corretamente pode levar o carro a várias quebras e danos e aumentar significativamente os gastos para a sua manutenção.

Agora que você já sabe quais são os principais hábitos que podem prejudicar o carro e como mudá-los, veja 6 dicas para otimizar o consumo de gasolina do seu carro e economize ainda mais no fim do mês!