Blog da Orca

Acidente de trânsito: saiba quais providências você deve tomar

A situação exige uma série de ações. Ter conhecimento sobre o que deve ser feito é essencial para evitar o agravamento do problema! 

Primeiros passos 

– Mantenha a calma (ainda que não se considere como o (a) culpado (a) pelo acidente, respeite o outro condutor; 

– Verifique se há vítimas. Em caso positivo, acione algum dos serviços de emergência de acordo com a situação: Polícia Militar (190) | Polícia Rodoviária Federal (191) | SAMU (192) | Bombeiros (193); 

– Se for um acidente de trânsito sem vítima, os veículos devem ser retirados da via. 

Sinalização

Se houver vítimas, após acionar a emergência, o local do acidente deve ser preservado até a chegada da mesma.  

Quando houver vítimas fatais, presença de motoristas bêbados ou algum tipo de dano ao patrimônio público, não retire os veículos, pois isso somente poderá ser feito após a liberação dos órgãos policiais responsáveis pela perícia. 

Coloque o triângulo a uma distância mínima de 30 metros em relação ao acidente. O recomendado, na verdade, é adicionar um metro para cada km/h permitido naquela via. 

Não se esqueça de ligar o pisca-alerta. 

Acidente de trânsito sem vítima 

Como mencionado acima, os veículos devem ser retirados para que novos acidentes não aconteçam. Porém, caso o carro não funcione, o serviço de guincho deve ser acionado imediatamente. 

Boletim de ocorrência  

Mesmo nas situações em que todos os envolvidos entrem em comum acordo, é importante registrar o B.O. 

Quando não há vítimas, ele pode ser feito através da Internet. Informações como os dados dos condutores e dos veículos envolvidos, endereço, dia e horário da batida e fotos dos danos são relevantes. 

E, caso haja discordância, uma perícia particular pode ser contratada para analisar o acidente e emitir um laudo. 

Carros segurados 

Observe quais são os documentos solicitados pela sua seguradora (B.O., vistorias, entre outros) para que ela possa cobrir os gastos. 

Para reembolso de despesas médicas e indenizações em caso de vítimas que ficaram inválidas (total ou parcialmente) ou vieram a falecer, é necessário recorrer ao seguro DPVAT. 

Agora que você já sabe quais providências tomar em caso de acidente de trânsito, que tal visitar o site da Orca e conferir as ofertas deste mês? 

Acompanhe a Orca pelo Facebook e Instagram