Blog da Orca

Alerta: conheça os riscos do amortecedor danificado

Muitos motoristas não prestam a devida atenção à suspensão do veículo e aos riscos do amortecedor danificado. Esses itens são essenciais para a segurança dos passageiros e do veículo, e um problema neles vai muito além de uma questão de mero conforto.

Por isso, na hora de falar dos riscos dos amortecedores danificados, é preciso ir além na explicação e mostrar, com detalhes, como rodar com um amortecedor ruim pode colocar em perigo sua segurança e de sua família. Acompanhe!

5 riscos do amortecedor danificado no seu dia a dia

1. Rolagem da carroceria

Uma das funções primordiais dos amortecedores é garantir a estabilidade do veículo em qualquer situação, especialmente nas curvas. Porém, quando um amortecedor não está mais trabalhando adequadamente, o carro pode começar a “rolar” demais em curvas.

Além de desestabilizar o veículo, deixando-o difícil de controlar, os riscos do amortecedor danificado nesse caso podem levar até ao capotamento do veículo.

2. Aumento da distância de frenagem

Esse é um dos problemas que pouca gente costuma relacionar aos amortecedores. Porém, a verdade é que um dos riscos do amortecedor danificado é ele não fornecer a aderência necessária no momento da frenagem, aumentando a distância até uma parada total.

Isso acontece porque o amortecedor já não consegue “resistir” ao movimento natural da carroceria durante a frenagem, que aumentaria o peso e a força do contato entre pneus e solo. Com menos aderência, freia-se menos e o risco de colisões aumenta — e muito.

3. Guinadas repentinas

Sabe quando você está na estrada e sente aquela rajada de vento quase empurrando o carro um pouco de lado? Então, isso só não acontece mesmo porque os amortecedores conseguem controlar esse movimento.

Porém, quando um amortecedor está desgastado, esse empurrãozinho vai ficando cada vez mais forte e o motorista tem que corrigir no braço, tornando a direção muito perigosa. Além disso, o carro parece um “pula-pula”, já que só a mola está trabalhando na suspensão.

4. Instabilidade no volante

A direção do carro está diretamente ligada aos componentes da suspensão e rodas (mesmo quando elas são hidráulicas ou elétricas). Por isso, qualquer irregularidade do piso é transmitida constantemente para a coluna de direção.

Assim, se você sentir pouco ou quase nada dessas irregularidades, seus amortecedores provavelmente estão em ordem. Agora, se você sente solavancos na direção, trepidações e ela fica muito pesada, os amortecedores do seu carro podem estar danificados.

5. Peso no bolso

Além de todos os riscos do amortecedor danificado que apresentamos acima, algo que também acontece ao não trocar no momento correto esse componente é ele avariar outras partes do carro, especialmente os componentes da suspensão.

Quanto mais tempo você rodar com os amortecedores ruins, mais chances de eles estarem danificando outros componentes que fazem parte do sistema de suspensão do veículo como:

  • batentes;
  • pivôs;
  • barra de torção;
  • barra de direção;
  • molas.

Além de tudo isso, os pneus também podem sofrer desgaste irregular por conta dos amortecedores avariados. Portanto, além dos gastos para substituir todos esses componentes importantes, você pode ter que desembolsar mais pelos pneus.

Agora que você conhece os riscos do amortecedor danificado, evite trafegar com eles nesse estado a todo o custo. Afinal, se você acha que está economizando até a próxima troca com isso, está muito enganado. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários