Blog da Orca

Como calibrar os pneus da melhor forma

Na teoria, todos nós sabemos que calibrar os pneus é uma prática necessária, mas você sabe o porquê? Sabia que a calibragem tem relação direta com a estabilidade do veículo, consumo de combustível e até desgaste prematuro de peças? Acompanhe o post de hoje e de scubra mais informações valiosas sobre calibragem dos pneus e sua importância.

Você sabe a medida certa?

Se o frentista te pergunta: “Chefe, quanto vai colocar nos pneus?”, a resposta correta não é “tanto faz” ou “pode encher”. É preciso seguir as especificações da montadora e isso você pode encontrar no manual do carro. Se não está com o manual, procure falar com um especialista. Para carros da Chevrolet, por exemplo, você pode entrar em contato aqui.

Existem ainda alguns detalhes para prestar atenção sobre qual a pressão usar: se o carro estará mais pesado com bagagens ou quatro ou cinco pessoas, é preciso levar em conta também o tamanho do aro. Esses pormenores, de qualquer forma, são destacados nos manuais.

Dá também para encontrar as medidas recomendadas em algumas partes do veículo: na tampa de combustível e nas portas. Claro que cada modelo pode ter uma ou outra variação, mas essas informações costumam ficar em lugar visível.

Item de segurança

Ter pneus calibrados significa garantia de segurança na direção. A estabilidade do veículo, bem como a falta dela, está diretamente ligada à calibragem dos pneus.

Não deixe os pneus do seu carro ficarem descalibrados para garantir, não só a sua segurança, mas também, maior conforto ao guiar o veículo.

Calor e a pressão dos pneus

O atrito da borracha contra o solo é mais intenso em dias quentes e, com a chegada do verão, essa situação vai se tornar cada vez mais comum. Tenha atenção para manter os pneus sempre em ordem e os verifique ao menos uma vez por semana. Tente calibrar os pneus pela manhã, antes do veículo ter percorrido distâncias superiores a 10 km.

O calor aumenta a pressão e se for calibrar quando os pneus já estiverem quentes, o sensor da calibragem não vai fazer a leitura correta. Por isso, há o risco de colocar menos pressão do que deveria.

Consumo de combustível e calibragem

Você sabia que o consumo do seu carro tem total relação com quanto de pressão seus pneus estão calibrados? Quanto melhor as rodas e os pneus do veículo estiverem e permitirem que ao acelerar o automóvel deslize pela rua ou estrada mais facilmente, uma menor quantidade de combustível será consumida.

É por isso que manter os pneus em dia é importante, a calibragem correta garante economia do consumo de combustível. O sugerido é checar os pneus uma vez por semana, mas você não deve descuidar e sempre que possível é bom dar olhada se algum pneu está aparentemente mais vazio do que os outros.

Quando for fazer viagens longas, o melhor é conferir a calibragem na saída. Ao chegar no destino, no dia seguinte, passe em um posto de combustível ou borracharia para confirmar a pressão.

Evitar desgaste prematuro

Manter os pneus do carro calibrados evita o desgaste prematuro. Novamente, a sugestão é conferir a pressão semanalmente. Quando eles estão com a pressão correta, o desgaste na borracha é feito por igual.

Como as ruas nem sempre estão tão lisas e sem irregularidades, passar em um buraco com o pneu um pouco vazio pode ainda representar maior facilidade para danificar partes da suspensão. O risco do pneu cortar ou sofrer qualquer outro tipo de estrago quando ele está murcho também aumenta consideravelmente.

Manter a calibragem dos pneus em ordem não vai tomar mais do que 10 minutos de um dia da semana, mas vai representar muitas vantagens como descritas acima. Por isso não deixe de ficar de olho!

Se você não sabia disso tudo e acabou notando algum dano no veículo, deve procurar a concessionária o quanto antes, clicando aqui você pode agendar seu serviço online.

Acompanhe a Orca também pelas redes sociais Instagram e Facebook!