Blog da Orca

Como escolher o melhor carro para a família?

Comprar um carro para a família é uma tarefa que requer cuidado, pois o veículo deve atender às necessidades de todos os que vão usá-lo. Antes de tomar uma decisão, é bom que você seja criterioso e faça uma boa pesquisa para chegar ao modelo ideal.

O mercado automotivo dispõe, hoje, de vários tipos de carro para a família, como sedans, utilitários esportivos, minivans e peruas. Para que você não fique perdido entre tantas possibilidades, fizemos uma listinha com alguns critérios para levar em consideração antes da compra. Vamos a eles:

Avalie o estilo de vida da sua família

Um veículo que atende às necessidades de um casal com crianças pequenas talvez não seja o ideal para quem tem filhos adolescentes. Da mesma forma, um carro para uma família que passeia bastante nos fins de semana pode ser diferente do recomendado para aquela que só faz trajetos curtos, como o caminho entre casa e escola.

Leve em conta mudanças na sua família

Por isso, antes de adquirir um automóvel, você deve conciliar o modelo escolhido com as necessidades do seu dia a dia. Tenha em mente que o uso do veículo pode mudar conforme seus filhos cresçam ou a família aumente, por isso, pode valer a pena antecipar essas mudanças também.

Leve em conta o espaço interno

Cadeirinha ou bebê conforto, bolsas, malas, carrinho de bebê, brinquedos, bicicleta… O carro para a família precisa ter espaço de sobra para comportar os utensílios de todos os ocupantes.

Logo, na hora de escolher o modelo ideal, analise a capacidade do porta-malas, a possibilidade de rebater o banco traseiro para aumentar espaço, se há redes para prender objetos, o espaço para as pernas entre os bancos da frente e o de trás, uso de rack no teto, etc.

Verifique o sistema isofix num carro para a família

Quando se pensa em um automóvel familiar, logo vem à mente o transporte de crianças, não é mesmo? Se esse é o seu caso, é preciso avaliar se o veículo dispõe do sistema isofix, que serve para reter a cadeirinha no banco, aumentando a segurança da criança.

Se for transportar crianças, esteja dentro da lei

E por falar em crianças, vale lembrar que os motoristas que não cumprem a resolução nº 277/2008, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que trata do transporte de crianças com menos de 10 anos, estão sujeitos a multa.

Test drive do veículo

Para ter uma experiência semelhante à que terá com o carro cotidianamente, é importante que o motorista use o automóvel na prática, de preferência, num trajeto em que fará se o comprar.

O ideal é imaginar como o veículo se comportaria num dia “normal” de utilização. Por exemplo, se for utilizar a cadeirinha no carro, coloque-a lá na hora do test drive, para avaliar o uso do espaço interno.

Verifique as características do carro

Além de quesitos básicos e do test drive, leve em conta o desempenho do motor, do câmbio, da suspensão e dos freios. Avalie se o automóvel é confortável, se tem sistema multimídia, ar-condicionado, porta-copos no console e outros. Saiba que itens considerados supérfluos em veículos que são usados para trabalho podem indispensáveis em um carro para a família.

Transporte de animais

Mais um critério que deve ser avaliado na compra de um veículo familiar é o espaço interno paratransportar bichos de estimação. Como os animais não podem ser levados soltos ou no colo dos ocupantes, conforme artigo 235, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é importante analisar se o automóvel comporta bem o dispositivo para levar um animal.

Pode parecer muita coisa de início, mas se você for criterioso, terá a certeza de comprar um carro que se adapte perfeitamente às suas necessidades. Menos chances de se arrepender ou precisar trocar depois, não é mesmo?

Quem quer adquirir um carro para a família também está em busca de tranquilidade, não é mesmo? Então, para fazer a escolha certa do seu modelo preferido, leia também o post “8 itens Chevrolet para deixar seu carro mais seguro“.