Blog da Orca

Como fazer o planejamento financeiro para a compra do carro?

Realizar o planejamento financeiro para adquirir um automóvel é uma forma de tornar a compra mais segura e garantir a tranquilidade no futuro. A maioria das pessoas quer ter o próprio carro e, assim, ser mais independente no dia a dia, seja no trabalho ou no lazer.

Porém, para que a aquisição não traga dores de cabeça, é preciso pensar com antecedência em relação a vários aspectos, do tipo de carro ao valor da parcela, para que seja feito um bom negócio. Confira, em seguida, as dicas do post de hoje para você fazer um ótimo planejamento financeiro para a compra do seu carro.

Tipo de uso e escolha do modelo

Antes de pensar em como vai pagar o automóvel, você deve saber qual uso fará do veículo. Enquanto um solteiro pode preferir um hatch compacto, como o Onix, um casado pode optar por um sedan, como o Cruze.

Já quem precisa ter espaço de sobra no veículo pode escolher um utilitário esportivo ou, se vai usar o carro para o trabalho, uma picape, como a Chevrolet S10.

Você também terá que definir alguns detalhes do automóvel, como motorização, número de portas, acessórios etc. Só assim você terá uma ideia geral da categoria de veículo de que precisa e, com base nessa informação, terá uma noção do valor de que necessitará juntar para adquirir o automóvel.

Planejamento financeiro e formas de pagamento

Depois de saber quanto precisará ter para comprar o carro dos seus sonhos, você deve escolher a melhor forma de pagamento para a sua realidade.

Você pode pagar à vista, por meio de financiamento, com a carta de crédito de um consórcio, com leasing ou outro tipo de forma de pagamento, como o chamado “troco na troca” de um veículo usado por um novo.

Se optar por financiar a compra do carro, você deve considerar algumas variáveis, como valor de entrada, valor financiado, taxa de juros, tempo do contrato e valor das parcelas.

Para fazer um planejamento financeiro eficiente, é importante você não comprometer mais do que 25% da sua renda líquida com as prestações. Além disso, é necessário avaliar como está a sua situação no emprego, para que você tenha capacidade de honrar os compromissos assumidos durante todo o período do financiamento.

Consideração de todos os custos de se ter um automóvel

Na hora de fazer o planejamento financeiro, muita gente só pensa no valor da parcela da compra do carro e se ela cabe no orçamento mensal. Porém, possuir um automóvel envolve vários outros custos, como combustível, estacionamento, emplacamento, licenciamento, IPVA e seguro DPVAT.

Além desses custos, é recomendável que o motorista faça o seguro do carro, para se proteger nos casos de acidentes ou de roubo do veículo. Também é necessário pensar nos gastos com manutenção.

Ter na ponta do lápis todos os custos com o automóvel permite que você faça um planejamento financeiro com os “pés no chão” e, assim, realize uma boa compra.

Escolha de uma concessionária

Além de optar por um modelo específico de automóvel, é importante você também escolher a concessionária onde vai adquiri-lo. Conferir a tradição da empresa no mercado, a oferta de serviços de assistência técnica, as condições de garantia do bem, além dos preços e das condições de pagamento, é claro, faz parte do roteiro de compra de um automóvel zero-quilômetro.

Depois de receber essas dicas de planejamento financeiro, que tal conhecer outras para optar por um ótimo modelo de veículo? Aproveite e confira também o post “8 dicas para escolher seu primeiro carro”.