Blog da Orca

Como funciona o freio ABS?

Obrigatório em todos os carros fabricados no Brasil a partir do dia 01/01/2014, o freio ABS — sigla em inglês para Anti-lock Braking System, ou Sistema de Freio Antiblocante, em português —, é um importante item de segurança. Mas você sabe como ele funciona? Sabe dizer para que ele serve? Confira a seguir:

Funcionamento

Ao contrário do que muitos pensam o freio ABS não é um sistema de freio totalmente diferente ou superior aos tradicionais freios. Na realidade, ele é um complemento ao sistema de freios já conhecido, e tem sido muito utilizado, aumentando a eficiência da frenagem.

Seu funcionamento é teoricamente simples: o ABS é um sistema que evita que as rodas travem quando pisamos firmemente no pedal de freio do carro. Com isso, o atrito estático entre o pneu e o pavimento é mantido, uma vez que o atrito cinético (que ocorre com os pneus derrapando) é menor segundo as leis da Física. Em outras palavras, quando as rodas travam e derrapam, o carro percorre uma maior distância até parar quando comparado ao que aconteceria se você conseguisse frear no limite, imediatamente antes desse travamento.

Gerenciado por uma central eletrônica e munido de sensores em cada roda, o sistema monitora a velocidade de cada uma delas, e compara com a velocidade do carro. Em caso de diferenças em uma frenagem, o sistema libera o freio, pressionando-o novamente em milésimos de segundos, de maneira quase que imperceptível, mas que garante o não-travamento das rodas.

Vantagens

Com o freio ABS, o tempo e a distância de parada serão menores que em um freio sem o sistema, por mais que o motorista seja habilidoso. Com isso, as chances de não sofrer um acidente em uma situação de emergência aumentam consideravelmente.

Outra vantagem é que, com um freio tradicional, ao travar as rodas em uma frenagem de emergência, principalmente com asfalto molhado, o carro tende a permanecer deslizando em linha reta. Se estiver em uma curva, o carro sai pela tangente por mais que se tente virar o volante, ou seja: perde-se o controle. Já com o freio ABS, ao evitar o travamento da roda, o sistema permite que o carro sofra mudança de direção. Na prática significa que você pode frear o máximo possível e ainda desviar do obstáculo à frente, pois o volante te obedecerá, evitando um acidente.

Como usar

Se seu carro é equipado com freios ABS, não há muito segredo em realizar uma frenagem de emergência. Em uma situação adversa, pressione firmemente o pedal de freio e o pedal de embreagem, caso o seu carro possua câmbio manual. Segurando firmemente no volante, desvie do obstáculo. Se o pedal de freio trepidar, não se assuste! Essa é uma característica normal do sistema e indica que o sistema ABS está em funcionamento, portanto, não solte o pedal e nem alivie a intensidade da força. Esqueça aquela velha prática de pressionar  firme o freio e aliviar repetidamente, prática popularmente conhecida como “bombar o freio”. Não se preocupe, o sistema eletrônico cuidará de efetuar a frenagem da melhor maneira possível.

O freio ABS é uma realidade no Brasil e existe para cuidar da sua segurança. Portanto, ao comprar um carro usado, opte por um modelo que possua o sistema, garantindo, assim, a sua própria segurança, bem como a da sua família. Se for um carro novo no Brasil, não se preocupe, pois ele virá equipado com o sistema.

E então, você ainda ficou com alguma dúvida sobre o freio ABS? Não deixe de escrever para nós através dos comentários!