Blog da Orca

De turbocompressor ao downsizing: 6 novidades em tecnologia de motor

Nos últimos anos, tivemos o aparecimento de inúmeras tecnologias referentes aos automóveis e em todos os componentes dos veículos. É claro que os motores não ficariam de fora dessa onda. Novidades como o turbocompressor e o downsizing estão no mercado e, mesmo em modelos mais populares, é possível achar uma grande variedade de motores.

No post de hoje, vamos listar aqui algumas delas. Acompanhe!

 

Turbocompressor

Seu funcionamento é relativamente simples: mais ar é direcionado para a câmara através de turbinas, o que melhora a mistura e o desempenho. O detalhe é que essas turbinas estão cada vez menores e mais eficientes, o que garante mais rapidez para o enchimento da câmara, tornando esses motores turbo com um desempenho muito melhor do que um de dez anos atrás, por exemplo.

Motores tricilíndricos

Esse é um tipo de motor cada vez mais usado, pois vale lembrar que cerca de um quinto da força de um motor é direcionada para vencer o atrito. Com um cilindro a menos, temos também a diminuição do bloco e, ultimamente, temos motores construídos com materiais mais leves, como a alumínio.

Injeção direta

O grande atrativo aqui, além da injeção direta na câmara, é a diferença enorme de pressão. Enquanto na injeção eletrônica temos 4,2 bar, aqui temos 250 bar. Essa tecnologia é muito indicada para o etanol, que tem capacidade de aceitar taxas de pressão e de compressão maiores.

Um bom exemplo é o Chevrolet Cruze 2016 1.4 com injeção direta.

Downsizing

Esse é um conceito já muito ouvido e explorado em outras áreas, e chega agora aos motores automotivos. Literalmente, downsizing siginifica ”encolher”, “redução”. No caso dos carros, isso se aplica a uma grande preocupação mundial: a emissão de gases poluentes.

A estratégia seria de diminuir a cilindrada dos carros, mas sem que o motorista sinta perda de torque e de resposta. Já temos a substituição de carros v8 por v6, e v6 por v4. Aí é que entram novidades como o turbo elétrico, que tem uma resposta ultra rápida, fazendo com que o condutor ache que está dirigindo um carro de alto consumo de combustível, mas na verdade é um de motor 1.4.

Motor elétrico

Os carros movidos a energia elétrica já são uma realidade no mundo todo. Claro que no Brasil ainda temos grandes dificuldades em termos de locais para recarga e modelos disponíveis, mas com a forte tendência de carros cada vez menos poluentes, essa realidade em breve vai mudar. Uma novidade é o Chevrolet Bolt, que será comercializado em breve.

Energia solar

Embora ainda esteja distante o sonho de ter grande parte dos carros movidos à energia solar, hoje já temos uma grande tecnologia para armazená-la, e alguns modelos chegarão em breve utilizando essa forma de energia como auxiliar.

Como vimos, temos um grande variedade de opções de motores, desde os turbocompressores até aqueles que levam o conceito de downsizing, procurando manter o bom torque e desempenho dos veículos e se adequando a questão da emissão de poluentes. Cabe ao consumidor ver suas necessidades e ver qual veículo se adapta melhor a elas.

E aí? Quer conhecer um pouco mais como escolher um motor com o melhor custo-benefício? Leia nosso artigo sobre o assunto.