Blog da Orca

Diferenças entre alinhamento e balanceamento, saiba quais são

Simples e rápidos de serem realizados, o alinhamento e balanceamento do seu carro são imprescindíveis para manter a segurança de todos os passageiros. Com esses serviços de manutenção em dia, a estabilidade do seu veículo se mantém em boa qualidade — um fator importante na prevenção de acidentes, principalmente em lugares onde a velocidade é maior, como nas rodovias.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre a diferença entre eles. No post de hoje, vamos explicar os detalhes de cada um desses procedimentos e destacar seus principais pontos. Pronto para o passeio? Então siga adiante para aprender um pouco mais sobre esse assunto que faz parte do dia a dia de quem está sempre no volante!

O que é o alinhamento?

O próprio nome já explica muito do que se trata esse procedimento: deixar o carro bem equilibrado no chão por meio do alinhamento das suas rodas.

Para saber se o seu veículo está desalinhado, existe uma situação muito comum: é quando o carro “puxa” mais para um dos lados durante a condução. Com isso, fica difícil mantê-lo em linha reta, sendo um ponto de risco para acidentes.

Outro indício de que está na hora de fazer o alinhamento é o desgaste desigual dos pneus, demonstrando que um dos lados está mais deteriorado do que o outro.

Como é realizado o alinhamento?

Existem várias oficinas especializadas em alinhamento. Para isso, elas utilizam inúmeras técnicas, como o serviço de caster (ângulo de inclinação da caixa de direção) e de cambagem (ajuste vertical da roda em relação ao solo).

Há também a convergência ou divergência, que são as diferenças entre as distâncias da parte da frente e de trás dos pneus. Tudo é verificado por meio da análise de profissionais do setor.

O que pode desalinhar o carro?

Geralmente os veículos ficam desalinhados por conta de pequenas colisões, como nas guias das calçadas no momento de estacionar ou quando o motorista colide a roda com buracos.

Vale ressaltar uma boa dica: quando for trocar um pneu, peça para o profissional também alinhar a caixa de direção para que tudo fique bem equilibrado.

O que é balanceamento?

O objetivo do balanceamento é fazer com que as rodas girem sem causar vibrações. Ou seja, mantendo o funcionamento de acordo com o manual do condutor.

Ele se faz necessário quando seu carro começar a trepidar em velocidades acima de 60 km/h. Também é indicado quando o veículo faz barulhos estranhos nas rodas, que ficam desbalanceadas. Trata-se do empeno das rodas, que entortam e prejudicam a condução do carro. O problema acaba desgastando os pneus e aumentando o consumo de combustível.

Quando o balanceamento não é feito de maneira periódica, acontece ainda o desgaste prematuro da suspensão do veículo, que acaba sofrendo prejuízos.

Alinhamento e balanceamento: ande sempre com eles

Ambos os procedimentos são essenciais nas manutenções periódicas do seu carro e devem ser realizados para evitar problemas maiores. Atualmente, as oficinas especializadas contam com equipamentos modernos — inclusive em 3D — que realizam os serviços rapidamente e com qualidade.

Fim do passeio! Mas antes é importante lembrar que você deve solicitar esses dois serviços quando alguma peça do seu veículo for trocada (suspensão, caixa de direção ou pneus, por exemplo). Afinal, garantir a segurança de todos os passageiros é um requisito primordial e de extrema necessidade para um trânsito mais seguro.

Agora é sua vez de fazer com que mais pessoas peguem carona nas informações sobre alinhamento e balanceamento. Compartilhe esse artigo em suas redes sociais e ajude seus amigos a evitarem problemas no caminho!