Blog da Orca

Financiamento ou consórcio para comprar meu primeiro carro?

Comprar um carro envolve muita atenção, afinal essa é uma das maiores decisões que fazemos durante toda a nossa vida. Porém, escolher marca, modelo e cor do veículo é fácil e prazeroso, difícil mesmo é saber qual a melhor forma de pagar pelo seu primeiro 0km. O mercado oferece várias opções conforme o tamanho do bolso do consumidor, entre elas, o pagamento à vista, financiamento e consórcio. Se por acaso está na dúvida sobre qual dessas formas de pagamento é a mais vantajosa para você, leia este artigo até o final!

Como funciona o financiamento

Com o incentivo ao crédito generalizado no Brasil, hoje em dia qualquer pessoa que disponha de renda fixa e nome limpo no mercado pode financiar um veículo próprio. Aí é que mora o perigo! Quanto maior o número de parcelas, maior a incidência de juros. Portanto, se essa for a sua escolha, busque uma financeira que ofereça as melhores condições e as menores taxas e, se possível, capriche na entrada para que ela impacte na redução das parcelas.

Como funciona o consórcio

O consórcio é um acordo comercial entre cotistas que desejam o mesmo objeto, no caso, um carro. Para existirem, os consórcios precisam ter autorização prévia do Banco Central, além de contar com um número mínimo de cotistas, que irão pagar mensalidades e taxas diretamente à administradora do consórcio, responsável pela realização dos sorteios e leilões. A soma das mensalidades de todos os cotistas equivale ao preço do automóvel, que vem a ser sorteado todo mês para apenas um dos consorciados.

Para quem é indicado o financiamento

Muitas vezes é difícil conter a ansiedade na hora de comprar um carro. O que todo mundo quer é sair da concessionária de carro novo, tirando aquela onda com os amigos e a família. Se você tem esse perfil, ou seja, se é mais ansioso, o melhor para você é financiar o veículo  e não esperar ser sorteado dentro de um consórcio para colocar as mãos no volante. Se o banco avaliar que você tem renda suficiente para arcar com o valor das parcelas do veículo sem comprometer o orçamento, irá liberar o financiamento para você sem maiores problemas.

Para quem é indicado o consórcio

Se o seu plano é adquirir o modelo que você sempre sonhou, podendo esperar entre oito e quinze anos para conseguir, então o consórcio pode ser ideal para você. Afinal, esse tipo de aquisição é voltado para quem não tem uma quantia considerável para dar como entrada e tampouco a necessidade de levar o carro para a garagem da noite para o dia. Ainda assim, o consórcio pode ser uma boa, pois o cotista tem a chance de ser sorteado logo que inicia o seu contrato.

Enquanto o financiamento tem nas taxas de juros como desvantagem em relação às taxas mais brandas cobradas pelas administradoras, a incerteza dos sorteios é o principal entrave para a adesão aos consórcios. Por isso, é bom avaliar sempre qual a sua real necessidade no momento de comprar seu primeiro carro, para que você não se decepcione depois.

E então, agora conte para nós: qual a melhor forma de compra para a sua situação? Compartilhe através dos comentários e continue de olho nas dicas do nosso blog!