Blog da Orca

Gentileza no trânsito: 8 dicas para ser um motorista nota 10

O trânsito está congestionado e você precisa entrar em uma via. Nesses casos, é muito bom quando alguém gentilmente permite que você possa entrar, concorda? Da mesma forma, quando você percebe que alguém têm a intenção de mudar de faixa para fazer uma conversão e sair da via você reduz um pouco sua velocidade para dar espaço para o próximo efetuar sua manobra. Isso é gentileza no trânsito. E gentileza gera gentileza. Quer saber como ser um motorista nota 10? Então confira as 8 dicas que listamos a seguir:

Sinalize corretamente

Você está com a intenção de mudar de faixa? Então acione o repetir de direção do carro — ou seja, a seta — para indicar a intenção. O mesmo vale para fazer conversão em ruas. Pretende fazer uma baliza? Acione a seta para o lado correspondente e acene com o braço sua intenção de estacionar. Além de serem atitudes de gentileza, não sinalizar corretamente é ato passível de multa e pode te fazer perder pontos na carteira.

Evite buzinar

A buzina é um item que incomoda grande parte dos motoristas. Ela existe para chamar a atenção, com um simples e breve toque, para um outro motorista ou um pedestre desatento. Se alguém lhe deu aquela famosa “fechada” no trânsito, é bem provável que foi sem intenção, talvez por descuido ou falta de atenção, portanto, evite iniciar uma discussão por um fato que já aconteceu.

Espere a sua vez

Seja educado ao pedir passagem para outro veículo. Dirigir muito próximo à traseira de outro carro, ou ficar piscando farol impacientemente não vai ajudar ninguém. Aproxime-se e, se o condutor que está à frente não perceber, pisque o farol uma vez e aguarde. Se ele estiver ultrapassando outro veículo, aguarde até que ele termine a manobra e indique a sua intenção de ultrapassar.

Respeite a sinalização

Essa dica é fundamental e talvez uma das mais importantes, afinal, toda sinalização de trânsito existe para evitar acidentes, controlar o fluxo, e organizar o trânsito melhor. Se um trecho na estrada possui faixa contínua, por exemplo, é por uma boa razão. Às vezes, a distância para ultrapassagem é curta, ou há uma escola ao lado da rodovia, por exemplo. Portanto, evite correr o risco de acidentes e respeite sempre a sinalização.

Seja prudente com relação à velocidade

Quando o assunto é direção, é muito importante sempre ter cautela. Por exemplo: evite acelerar ou frear forte demais. Não exceda os limites de velocidade. Quer andar devagar? Respeite o limite mínimo de velocidade, que é a metade da velocidade máxima indicada para aquele trecho da via, desde que, é claro, o caminho esteja livre e sem congestionamentos. Nesse caso, não deixe de trafegar na faixa da direita, deixando a passagem livre para quem quer estiver acima do mínimo permitido.

Dê carona

Algum parente, amigo, ou conhecido vai para o mesmo destino que você, ou ainda, para algum local próximo? Pratique a gentileza de convidá-lo. Com isso você ajudará a ter menos carros transitando pelas cidades e rodovias. Se o destino for rotineiro, vocês podem até revezar e cada dia um ceder a carona, ajudando, inclusive, a economizar em combustível e desgaste do carro.

Tenha cuidado com ciclistas, motociclistas e pedestres

No trânsito devemos ficar atentos e ter cuidado com os demais, principalmente aqueles que estão mais vulneráveis em caso de acidentes. Mantenha uma distância de, pelo menos, 1,5 metro de ciclistas e motociclistas nas vias. E lembre-se de dar a preferência para esses usuários.

Respeite a faixa de pedestres

A faixa de pedestres deve ser respeitada sempre. Jamais pare o seu carro em cima dela, seja com o semáforo fechado, ou na hora de estacionar. Caso não haja faixa de pedestre e semáforo, a preferência é do pedestre, ou seja, você precisa parar seu carro ou qualquer outro meio de transporte para que o cidadão possa atravessar.

Praticar essas ações no trânsito fará de você um condutor nota 10, portanto, leve-as sempre em consideração. Também procure disseminar essas boas práticas por aí para tornar o nosso trânsito melhor! Você tem alguma outra dica de gentileza no trânsito? Deixe o seu comentário!