Blog da Orca

Não entendo a tabela Fipe. Afinal, como ela funciona?

Quando queremos comprar ou vender um carro usado, ou até acionar a seguradora, é normal nos depararmos com uma grande dúvida: afinal, como funciona a tabela Fipe?

Essa tabela é um índice de pesquisa divulgado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). Sua aplicação é sobre a compra e venda dos modelos de veículos, servindo também como base de cálculo de revendas pelas pessoas e empresas do ramo dos automóveis.

Quer esclarecer suas dúvidas? Continue a leitura e entenda de uma vez por todas como funciona a tabela Fipe!

Como funciona a tabela Fipe?

De forma simples, a tabela Fipe é uma ferramenta que mantém o registro de negociações dos veículos que ocorreram no período de um mês. Assim, no mês seguinte, o valor médio das negociações anteriores — com exceção dos dados muito diferentes da média geral — é utilizado como patamar para estipular os preços desses automóveis.

Em 24 estados do Brasil, os valores praticados estão praticamente idênticos na tabela Fipe. Isso serve de base para várias transações e negociações. Contudo, mesmo que isso oriente as movimentações financeiras, não existe nenhuma lei que regulamente os interessados a utilizarem esse instituto como valor fixo para realizar compras e vendas automotivas.

A tabela Fipe faz a diferenciação dos carros por modelo e ano. O ano do modelo se sobrepõe em relação ao ano de fabricação, visto que é por causa disso que a compra de algum automóvel fabricado em 2016 com modelo 2017 tem valor maior de revenda que um 2016/2016.

Qual a importância da tabela Fipe nas negociações?

Você já experimentou negociar um veículo e ficar questionando se fez um bom negócio ou não? Com a ajuda da tabela Fipe, é possível que o comprador e o vendedor a utilizem como parâmetro em suas transações, evitando qualquer tipo de dúvida.

Esse indicador também é usado como base de cálculo para o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e ainda para os valores relacionados às parcelas e da indenização do seguro do carro.

Quais fatores interferem em seu preço médio?

Mesmo que a tabela Fipe seja uma referência de preço dos automóveis no mercado brasileiro, isso não significa que você vai conseguir comprar um carro usado ou vender o seu de acordo com o preço estipulado nesse índice.

Os preços que são praticados no mercado possuem vários fatores que os influenciam, como a região onde acontecerão as negociações ou estado do país, cor dos veículos, sua conservação, se há acessórios que agreguem valor ao carro ou não, entre várias outras questões.

Ou seja, dependendo da cor que o veículo tiver, o valor do automóvel poderá ser maior ou menor no mercado nacional. Da mesma maneira, acessórios como ar-condicionado, rodas de liga leve, câmeras de ré, entre vários outros, influenciam diretamente o valor praticado nas negociações dos veículos.

Assim, você deve interpretar a tabela Fipe apenas como um índice padrão dos valores relacionados aos veículos automotores. A região onde se encontra e questões como a demanda do modelo acabam sendo mais importantes que o preço estipulado pelo instituto.

Agora que você entendeu como funciona a tabela Fipe, que tal continuar por dentro de outras novidades do setor automobilístico? Siga nossa página Facebook e acompanhe tudo que compartilhamos por lá!