Blog da Orca

Novembro Azul

Dirija sua coragem para o que mais importa: sua saúde.

Novembro chegou. Mês em que todos se unem em prol de uma relevante causa: a luta contra o câncer de próstata. É preciso que todos ressaltem a importância do diagnóstico precoce desta doença.

Você sabia que câncer de próstata é um dos tumores mais comuns entre os homens com mais de 50 anos de idade?

Isso mesmo. Apesar de toda a evolução nos tratamentos, muitos ainda morrem decorrentes desta doença. Se tratando de saúde, os homens tendem a apresentar mais resistência na realização de exames e consultas médicas.

Como ocorre este tipo de câncer?

Não se sabe exatamente a causa, mas ele se desenvolve quando as células da glândula da próstata se multiplicam, crescem descontroladamente e ganham a capacidade de invadir o órgão, podendo, em alguns casos, circular pelo corpo e produzir tumores nos mesmos.

Fique atento aos sintomas!

Casos como ardência urinária, dor ao urinar, jato fraco da urina e sangue no esperma são indícios de que há tumor na próstata. Os sintomas desse câncer na fase inicial, na maioria das vezes, são quase imperceptíveis – por isso a importância dos exames.

De olho na genética.

Se sua família tem histórico de câncer de próstata é preciso que você fique ainda mais atento. Segundo pesquisas, a chance de desenvolver o tumor cresce ainda mais caso o pai ou irmãos da pessoa já tenham tido a doença.

Não tenha medo de realizar todos os exames.

A análise ocorre através de exames específicos, como o toque retal e o exame de sangue ao PSA, e sua confirmação é realizada através de biópsia indicada pelo proctologista.

Quanto antes for o tratamento, maior a chance de recuperação.

Geralmente, o tratamento pode ser feito com cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, dependendo da fase em que a doença se encontra. Quando a descoberta do tumor ocorre no período inicial, a chance de cura aumenta consideravelmente.

Esporte e alimentação: ótimos aliados.

É de extrema importância que o cuidado com a alimentação seja iniciado o quanto antes. Assim, é possível manter um maior controle da saúde e da qualidade de vida.

A rotina alimentar saudável é um fator imprescindível para o bom funcionamento do aparelho reprodutor. Segundo pesquisadores, uma alimentação rica em carboidratos complexos, pouca gordura e proteína está associada com a diminuição de 60 a 70% do risco de câncer de próstata. Portanto, aumente o consumo de vegetais, frutas, feijão e cereais integrais, por exemplo, pois eles podem ser ótimos aliados na prevenção deste mal.

Outro importantíssimo fator que merece atenção é a prática de atividade física. Com três horas ou mais por semana realizando algum tipo de esporte é possível melhorar o prognóstico entre os pacientes. Além disso, a atividade física feita após o descobrimento da doença também pode diminuir significativamente os riscos de morte.

O câncer de próstata é uma doença séria. Não hesite em fazer os exames de rotina, e claro, tenha um hábito de vida equilibrado, pois esses são os melhores métodos de prevenção.